O que é expansão de consciência

Somos seres em constante mudança. O “EU” de hoje não é o mesmo de amanhã.

A consciência é mais que o corpo e a mente. Ela é a integralização entre corpo, mente e espírito. É uma energia, é o tudo, e ao mesmo tempo, o nada.

Imaginemos um telescópio.

Ele possui carcaça que aloja as lentes. Cada lente, conforme o ajuste, amplia o alcance da observação. É impossível ver além, somente segurando uma das lentes nas mãos e olhando.

O conjunto é necessário para observar os astros.

Mas pergunto a você: Qual seria a função de um observatório com um telescópio, se não houvesse o olhar do observador?

Ouso ainda te desafiar com outra pergunta: Mas se o telescópio estivesse obstruído? Do que adiantaria o observador presente sem a constelação para ser maravilhada pela visão ampliada que só o telescópio poderia proporcionar?

Todos nós temos um telescópio, mas não sabemos que temos. Ou pelo menos, não sabemos usá-lo.

Todos nós temos o céu, os planetas e as estrelas, mas quase não paramos para observar. A grande maioria tem a dádiva de enxergar e não agradece por isso.

Muitos, se contentam em olhar as estrelas e observar o Cruzeiro do Sul e as Três Marias. Outros, param para olhar os planetas e esperam ver uma estrela cadente para pedir a realização de um desejo. Outros viajam para assistir a Aurora Boreal na Islândia. 

Outros, ouso dizer, até gostariam de estar no espaço agora, mas por enquanto, é só para astronautas.

Mas devemos lembrar que existem aqueles que nunca olham para o céu para contemplar sua beleza nem mesmo a olho nu.

O estresse do dia a dia, a correria para bater metas ou mesmo sobreviver, não dá espaço para esse tipo de coisa.

Como percebe, quanto mais elaborada, sofisticada e maior a busca por contemplação, menor o número de adeptos. Isso significa que precisamos despertar e aproveitar ao máximo, a potencialidade inata que nos foi provida pelo próprio Universo.

Mas aqui temos algo curioso. Não se trata de julgar quem se contenta em às vezes, dar uma olhadinha para o céu. Isso não torna alguém melhor que o outro. Isso apenas ilustra a capacidade que cada um tem de fazer escolhas e ampliar sua visão para ir além, ou não.

Nossa consciência precisa expandir para que possamos vivenciar a unidade com a consciência suprema com total autenticidade.

A ideia da busca da Consciência Universal, ou a ideia do divino ou consciência cósmica, da palavra Deus integra esses 4 elementos.

A carcaça do telescópio - nosso corpo material que precisa manutenção, de movimento.

A (s) lente (s) - nossa mente que é capaz de focar na direção que determinamos, mas que, muitas vezes, não escolhemos conscientemente que direção focar.

O olho do observador. A Alma. Sem a alma não conseguimos transcender e não seremos tocados ao ver a beleza de uma constelação inteira.

O Céu - a ideia do universo e seu potencial ilimitado. O objeto de contemplação. A busca da unidade.

De forma simples, a ideia de expansão de consciência humana é exatamente alcançar a unidade com a consciência universal. Em termos mais objetivos, identificar que podemos posicionar nosso corpo (carcaça do telescópio), de forma que possamos em seguida ajustar nossa mente (lente) e com nossos olhos, (alma), contemplar o que está disponível (a beleza da vida).

O olho, sendo a janela da alma, é que terá a visão ampliada da lente (mente). A lente tem a capacidade de ampliar, mas sem o olhar do observador, ela é incapaz de enxergar o cosmo.

Portanto, somos capazes de expandir mas nossas crenças autolimitadoras são capazes de nos obstruir. Ou seja, voltamos ao segundo pilar: nossa capacidade neurobiológica de atribuir significado aos fatos.

Se tornar o observador com a visão ampliada é um caminho extraordinário de autenticidade e tema deste livro.

Expansão de consciência é a capacidade que todo ser humano possui de ampliar sua visão de mundo. Tal expansão não só contempla modelos racionais, mas principalmente abrange aspectos existenciais, espirituais e emocionais.

Vimos que há dois pilares fundamentais que definem muitos comportamentos e comportamentos são frutos de nossos valores e visões sobre um determinado aspecto da vida. Vamos repetir os pilares:

1- O mundo e condições como elas são. A realidade dos fatos. Os fatores externos.

Como falei, eu por exemplo, tive uma realidade na infância que vivi boa parte dela morando à beira de uma linha de trem em um subúrbio do Rio de Janeiro em condições de muita pobreza. Esse é um fato. Algo que na época, eu não tinha como mudar. Uma realidade nua e crua.

2- A capacidade mental de atribuir significados aos fatos, ao mundo e as condições externas.

Ou seja, quanto mais estreita for sua visão de mundo, mais atrelado a sobrevivência você permanece. Se torna difícil se abrir para uma nova realidade que você acha que é inatingível porque vive em condições adversas. O que inibe qualquer tipo de mudança dessa própria realidade.

Em outras palavras, se, apesar da sua realidade, você não tem ideia de que pode mudá-la através de novos significados, você provavelmente ficará nela.

Quando eu atribuí um propósito a ter morado em um local como aquele, a ter vivenciado experiências como aquelas, me tornei mais capaz para ajudar pessoas que vieram de onde vim.

A expansão da consciência ajuda em que?

Uma consciência expandida ou em processo de expansão permite um alcance de entendimento profundo sobre a natureza humana e porque fazemos o que fazemos, em especial, nos conecta com o SER, de forma autêntica. Essa expansão aumenta nosso poder de influência sobre nossa sombra. Somos influenciados ou exercemos influência sobre nós e sobre o outro quanto mais ampla for nossa visão de mundo.


Discussão

2 Comentários